Carro roubado após bater durante perseguição na Zona Sul de São Paulo
Carro roubado após bater durante perseguição na Zona Sul de São Paulo

Uma perseguição policial na noite desta segunda-feira (15) terminou com um suspeito morto na Vila das Belezas, Zona Sul de São Paulo.

Os ladrões tinham roubado um carro e pretendiam praticar um sequestro-relâmpago. O veículo, no entanto, foi localizado pela polícia, que iniciou uma perseguição pelas ruas da Zona Sul da capital paulista.

Durante a fuga, os ladrões bateram em outro carro, que bateu num ônibus. Os assaltantes acabaram trocando tiros com a polícia, e um deles morreu após ser ferido e levado para o hospital.

Ladrões anunciam sequestro-relâmpago
O motorista do veículo roubado e a irmã dele, que estava no banco do passageiro, estavam conversando por volta das 21h próximo ao Hospital Campo Limpo quando os bandidos chegaram e anunciaram um sequestro.

Leia também:  Tecnologia poderá ser usada para detectar motorista drogado

“Eles falaram assim: ‘é um sequestro-relâmpago, vai pro banco de trás’. Daí quando eles mandaram ir pro banco de trás eu corri”, contou o motorista, que não quis se identificar.

A irmã dele ficou dentro do carro, no banco de trás, e foi ameaçada e agredida pelos criminosos. “Eles falaram: ‘vou te matar, vou te matar, que eles te deixaram. Vou te matar’”, contou a mulher, que também não quis ser identificada.

O motorista avisou à polícia logo após conseguir fugir. Assim que uma viatura encontrou o carro, começou uma perseguição e os bandidos acabaram batendo o veículo, na Avenida das Belezas, perto da estação do Metrô. Depois da batida, eles desceram e começou um tiroteio.

Leia também:  Autor de facada em Bolsonaro pode ter problemas mentais

“Eu não ouvi mais nada, só ouvi muito tiro, muito tiro, muito tiro. Aí foi quando eles bateram no ônibus e eu consegui sair pela janela”, contou a mulher.

Um dos assaltantes foi socorrido, mas morreu no pronto-socorro do Campo Limpo. O outro, um adolescente de 16 anos de idade, que estava dirigindo o carro, foi levado para uma delegacia no Morumbi. A polícia encontrou com eles um revólver calibre 38.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.