Fotografia - Foto/Reprodução
Fotografia – Foto/Reprodução

No 8ª dia do mês de janeiro, encontra-se gravada no calendário a homenagem ao profissional que traz no ofício a lembrança atemporal dos momentos por meio da própria arte. Trata-se do Dia do Fotógrafo e do Dia Nacional da Fotografia, comemorados nesta quarta-feira. A data celebra a chegada da primeira câmera fotográfica ao Brasil, em 1840.

Criada por Louis Jacques Mandé Daguérre, o Daguerreótipo foi o primeiro aparelho a registrar imagens no mundo, no século XIX: em 19 de agosto de 1839, o equipamento foi apresentado ao mundo durante a Academia de Ciências da França, em Paris. A data é o motivo da comemoração do Dia Mundial da Fotografia.

No Brasil, a graduação em fotografia é realizada por meio de um Curso Superior de Tecnologia, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), que confere o grau de tecnólogo ao recém-formado. “Nunca foi fácil, mas eu fui além, pesquisei bastante e encontrei o que eu precisava. Agora a minha vontade é crescer na fotografia de Moda”, compartilha o estudante do curso, Elvis Freitas, a respeito dos desafios e perspectivas da formação.

Leia também:  PMs recebem armas de guerra para combater o PCC

Segundo Freitas, o mergulho no universo fotográfico começou aos poucos, de forma despretensiosa. “Tudo começou como um hobby, mas isso cresceu tanto em mim, que eu percebi que deveria fazer disso minha profissão”, comenta. Da primeira câmera fotográfica, vieram os primeiros registros e, em seguida, os primeiros trabalhos profissionais.

Desde então, lá se vão cinco anos de fotografia. “Para muitos, a fotografia é terapia. Ela consegue elevar a autoestima das pessoas. Muitas vezes, já me senti emocionado ao ver o brilho nos olhos das pessoas que foram fotografadas e a emoção delas em ver o resultado das fotos que tirei. Fotografia é mágica”, conta Elvis

Regulamentação

Além da graduação, há cursos profissionalizantes e pós-graduações na área. E, mesmo com o reconhecimento do nível superior pelo MEC, a profissão não é regulamentada: o Projeto de Lei 5187 data de maio de 2009, mas ainda não foi aprovado. A representação da classe é feita por associações de fotógrafos profissionais, que não podem fiscalizar o exercício profissional.

Leia também:  Bolsonaro afirmou que decreto de armas 'sai em janeiro '

Bolsa de estudo para Fotografia

Adquirir uma bolsa de estudo para fotografia pode facilitar o caminho até a conclusão da formação. Com o Educa Mais Brasil, há possibilidade de descontos de até 70% na mensalidade graduação.

O Educa, que é o maior programa de inclusão educacional do país, dispõe de mais de 400 mil bolsas para o ensino superior – que inclui também as pós-graduações nas formas de especialização de MBA. A contratação é realizada diretamente pelo site www.educamaisbrasil.com.br por meio de filtros de busca ligados à localidade e ao curso desejado. Depois, é preciso apenas escolher os percentuais de desconto proporcionados pela bolsa, contratar o benefício e se dedicar para receber o diploma.

Leia também:  Brasil entra para a história ao ser o único país a ter bebê gerado em útero tirado de mulher morta

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.