A Prefeitura de Rondonópolis se comprometeu a liberar ainda nesta sexta-feira (4) o repasse no valor de R$ 654.669,88 à Santa Casa. O anúncio foi feito pelo prefeito Zé Carlos do Pátio durante reunião com o diretor da Santa Casa de Rondonópolis, Sinésio Gouveia de Alvarenga, realizada nesta manhã, em seu gabinete no Palácio da Cidadania.

O montante é oriundo do governo do Estado referente aos serviços em setembro de 2018 pelo Hospital. “Temos trabalhado permanentemente para garantir o funcionamento da Santa Casa. O recurso chegou nesta sexta e nos comprometemos com a direção a liberar o repasse ainda hoje mesmo, para que este recurso chegue na conta da unidade hospitalar filantrópica”, disse o prefeito.

Leia também:  Diversão quase termina em tragédia no Anel Viário

Seguindo a determinação do prefeito Zé Carlos do Pátio, a equipe da secretaria municipal de Finanças está trabalhando nas questões técnicas e burocráticas para que o valor esteja disponível com a maior agilidade possível na conta da Santa Casa.

Pátio destacou que a prefeitura, dentro das condições orçamentárias do município e dos limites impostos pela legislação, não medirá esforços para ajudar a instituição manter o atendimento à população, bem como ampliá-lo.

Ano passado, por exemplo, para ajudar o hospital a superar as dificuldades financeiras, por conta de atraso nos repasses do Estado, a prefeitura adiantou o pagamento de quatros meses de serviços prestados pela Santa Casa.

Antes, já havia auxiliado para que ocorresse o credenciamento de procedimentos cardíacos junto ao Ministério da Saúde, o que permitiu que os pacientes façam cateterismos e angioplastias na Santa Casa, não precisando mais se deslocar até Cuiabá.

Leia também:  Caminhonete de médico é recuperada em cidade próxima à fronteira

“Vamos seguir neste caminho, com muita dedicação, com sacrifício, mas no espírito de colaborar com a Santa Casa”, frisou o prefeito. O diretor da Santa Casa reconheceu a importância da parceria da prefeitura de Rondonópolis “para superarmos as dificuldades financeiras e continuarmos a prestar bons serviços à população de Rondonópolis e região”.

De acordo com o diretor, as dificuldades financeiras enfrentadas são causadas pela tabela desatualizada de pagamento dos procedimentos médicos e cirúrgicos do Sistema Único de Saúde, bem como pelo atraso dos repasses estaduais.

A reunião entre o prefeito e o diretor da Santa Casa foi acompanhada pelo deputado Nininho e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Milton Mutum.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.