Imagem: Secretário tomou pose ontem da pasta
Secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo tomando pose ontem da pasta. Foto – Facebook

O Hospital Regional de Rondonópolis (MT) está um caos. Os problemas vão desde a estrutura da unidade a atrasos de pagamentos e falta de insumos médicos. Uma das primeiras ações do novo governador Mauro Mendes (DEM), de acordo com a assessoria, é a vinda do secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo (PSB), que deve chegar no final da tarde desta quarta-feira (02) na cidade.

O secretário irá nesta quinta (03) realizar reuniões setorizadas com funcionários administrativos, corpo clínico, fornecedores e irá tratar também sobre a direção do hospital, que se encontra sob a gestão do administrador Onair Azevedo Nogueira desde que o Estado realizou a ocupação temporária da gestão em substituição ao Instituto Gerir.

Leia também:  Governo tem 10 dias para repassar mais de R$10 milhões ao Hospital Regional

Em cerimônia de pose do governador Mauro Mendes (DEM), na terça-feira (1º), o novo secretário afirmou “Vou para Rondonópolis para a gente ocupar de forma definitiva a responsabilidade do Estado na gestão do Hospital Regional”.

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, deve permanecer na cidade até que os problemas da unidade sejam sanados. Ele deve conversar com a imprensa no final da tarde de amanhã.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.