A hora do 1° grande evento astronômico de 2019, o eclipse lunar, acontece entre a noite deste domingo (20) e a madrugada de segunda-feira (21) no Brasil. O momento é marcado pela lua que passa pela sombra da terra ficando totalmente obscurecida.

Para um eclipse lunar ocorrer, Sol, Terra e Lua devem ficar alinhados, nesta ordem. No Brasil, o fenômeno deve ser mais visível a partir da 1h33 da manhã (horário de Brasília), quando a Lua começará a entrar na região atrás da Terra chamada de umbra, em que não há iluminação direta do Sol. À medida que a Lua se mover, será possível vê-la escurecendo.

Conforme informações divulgadas pela NASA, o eclipse começa oficialmente à 00h36 (horário de Brasília) da segunda-feira, quando a Lua começa a mergulhar na penumbra da Terra.

Confira o horário de cada fase:

‘Se você mora em uma cidade com fuso horário diferente, ou não está no horário de verão, basta fazer a conversão apropriada’.

P1 – Início da fase de penumbra e início do eclipse: 00h36

U1 – Início da fase de umbra: 01h33

U2 – Lua totalmente na umbra: 02h41

Máximo do eclipse: 03h12

U3 – Lua começa a sair da umbra: 03h43

U4 – Fim da fase de umbra: 04h50

P4 – Fim do da fase de penumbra e fim do eclipse: 05h48

O eclipse todo, desde a hora que a Lua entra na penumbra e sai dela totalmente deve durar 5 horas e 11 minutos. A duração do mergulho da Lua na parte mais escura da sombra da Terra, deve durar 3 horas e 16 minutos.

Se você não conseguir ou não quiser ficar esse tempo todo vendo a Lua, pode se concentrar no intervalo entre 02h41 e 03h43, que é o período em que a Lua estará mais escura e alaranjada. O grau de alaranjado só dá para saber na hora mesmo.

Em julho, haverá outro eclipse visível no Brasil, mas além dele ser parcial (a Lua entra parcialmente na umbra), nem todo o país vai poder acompanhar por completo. O próximo eclipse lunar total visto no Brasil será apenas em 2025.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.