Nesta segunda-feira (18), um advogado foi preso em Guarantã do Norte a cerca de 924 km de Rondonópolis – MT, após desacatar policiais militares.

A PM foi solicitada a uma ocorrência de disparos de arma de fogo em um bar da cidade e chegando no local avistaram o acusado em estado de embriaguez que se negou a passar por revista pessoal.

De acordo com os policiais, o advogado teria desacatado os oficiais chamando de “policinha” e ainda entrava na frente dos clientes para impedir a revista pessoal. Diante dos fatos, o advogado que não teve a identidade revelada foi conduzido para a delegacia.

Tendo em vista que a prisão não se deu pelo exercício da advocacia, não foi necessário o acompanhamento da OAB, apenas foi direcionado a uma sala adequada com sua profissão, o acusado passará por audiência de custódia que determinará se ele será ou não mantido preso.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.