O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso ampliou o horário de funcionamento dos cartórios eleitorais de 26 municípios onde acontece a revisão do eleitorado com coleta de dados biométricos. Os postos de atendimento estarão abertos ao público das 07h às 19h, desta quarta-feira (13) até o dia 29 de março, quando a revisão será finalizada.

Em Mato Grosso, 26 municípios estão em revisão do eleitorado e são eles: Água Boa, Alta Floresta, Alto Araguaia, Araputanga, Arenápolis, Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Canarana, Cláudia, Colíder, Diamantino, Guarantã do Norte, Guiratinga, Mirassol D ‘Oeste, Nova Xavantina, Pedra Preta, Peixoto de Azevedo, Poxoréu, São José do Rio Claro, São José dos Quatro Marcos, Sapezal, Sorriso e Tangará da Serra.

Leia também:  Condutor invade pista contrária e morre carbonizado ao colidir com ônibus

Ao estender o horário de funcionamento, a Justiça Eleitoral busca ampliar o número de eleitores cadastrados por dia, mas também, facilitar ao cidadão/eleitor o acesso a revisão. “Muitos eleitores, por questão profissional ou pessoal, não podem ir até o cartório em determinado período do dia. Agora, o cartório vai funcionar nos períodos matutino e vespertino, o que permitirá que o eleitor se organize e vá ao posto de atendimento para fazer o cadastramento biométrico. A Justiça Eleitoral convoca o eleitor para a revisão. Trata-se de uma obrigatoriedade. O eleitor que não atender à convocação terá o título cancelado”, destacou o presidente do TRE, desembargador Márcio Vidal.

O corregedor regional eleitoral de Mato Grosso, desembargador Pedro Sakamoto, explica que estão sendo envidados todos os esforços para atender o eleitor com agilidade e comodidade. “Estamos buscando parceria com outros órgãos públicos para a implantação de novos postos de atendimento. Por ora, o atendimento nesses municípios será de segunda a sexta-feira, em dias úteis. Se houver demanda, estudaremos a viabilidade de funcionar nos fins de semana e feriados”.

Leia também:  Começa o julgamento da senadora Selma Arruda

Os eleitores dos municípios que estão em revisão e que ainda não atenderam à convocação, devem procurar o posto de atendimento portando um documento oficial de identificação (RG, CNH, carteira de trabalho, carteira profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos e que irão requerer a primeira via do título (alistamento), é necessário também, apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.