285 ficaram feridas nos choques entre militares e manifestantes - Foto: Ernesto Guzmán Jr. / EFE
285 ficaram feridas nos choques entre militares e manifestantes – Foto: Ernesto Guzmán Jr. / EFE

A exemplo do que ocorreu na fronteira da Venezuela com o Brasil, a Colômbia também registrou momentos de violência e tensão na região. Em comunicado oficial, o Ministério das Relações Exteriores da Colômbia informou que 285 se feriram nos confrontos em decorrência, sobretudo, dos ataques com gás lacrimogêneo e armas não-convencionais.

Ativistas de direitos humanos confirmaram a morte de quatro pessoas nos choques entre manifestantes - Foto: Bruno Kelly / Reuter
Ativistas de direitos humanos confirmaram a morte de quatro pessoas nos choques entre manifestantes – Foto: Bruno Kelly / Reuter

Dos 285 feridos, 255 são venezuelanos e 30 são colombianos. No comunicado, o ministério informou também que um grupo de 60 militares venezuelanos, incluindo oficiais, pediram refúgio na Colômbia. De acordo com o texto oficial, a reação dos militares demonstra o descrédito no governo do venezuelano Nicolás Maduro.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.