Imagem: Cristiano dos Santos Viana
Cristiano dos Santos Viana – Foto: divulgação

O Controlador-Geral do Município de Pedra Preta, Cristiano dos Santos Viana, foi nomeado Diretor da Região do Sul da Associação dos Auditores e Controladores internos Municipais do Estado de Mato Grosso (AUDICOM-MT). A frente da Controladoria Municipal de Pedra Preta desde 2010, o servidor de carreira agora tem a responsabilidade de representar os colegas que atuam nos municípios de sua região.

A função na diretoria garante representatividade estadual e busca garantir a autonomia de atuação dos controladores e auditores internos municipais, que exercem suas atribuições pautados por lei específica, além de encontrar suporte nas leis orgânicas dos municípios e na Constituição Federal (1988). Sendo efetivada no Estado de Mato Grosso após a edição da Resolução Normativa nº 01/2007 do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT), cuja finalidade foi de garantir a criação das Controladorias Municipais no intuito de dar cumprimento à Constituição Federal e consequentemente melhorar o controle dos atos administrativos da gestão municipal.

“O Controle Interno Municipal busca prestar orientações e exercer a fiscalização orçamentária, financeira e patrimonial do município, sendo peça fundamental para se alcançar resultados no âmbito da administração pública e um eficiente mecanismo de combate a corrupção. O sistema de controle interno é criado com o fito de prevenir a ocorrência de erros, fraudes e desperdícios, zelando pelo cumprimento das normas legais e a correta aplicação dos recursos públicos em prol da melhoria dos serviços públicos ofertados ao cidadão”, explica Cristiano.

Para o controlador, “o Gestor honesto e inteligente terá o controlador como seu aliado na busca pela eficiência administrativa”. Contudo, não são raros os gestores que, por desconhecimento ou por estarem mal intencionados deixam o órgão subutilizado funcionando “para inglês ver”. Isso quando não perseguem ou ameaçam de represálias e exoneração, caso julguem que o controlador esteja de alguma forma “atrapalhando a administração”, pois o fato é de que quanto melhor trabalham os órgãos de controle, mais incomodam os maus gestores.”

Já a AUDICOM-MT foi fundada formalmente em 2014, mas existe desde 2012 enquanto organização de classe. Com 180 associados, tem a missão de defender as prerrogativas dos controladores internos municipais de todo o Estado.
Cristiano atuará na nova gestão da AUDICOM-MT, que passa a ser presidida pelo Controlador Interno de Rondonópolis, Angelo Silva de Oliveira, que estará à frente da associação pelo próximo biênio, 2019-2020.

A nova diretoria é composta pela vice-presidente Alina Ferreira Amaral, que é Controladora do município de Santo Afonso, 1º tesoureiro Adriano Garcia da Costa, de Santo Antônio do Leverger, 2ª tesoureira é Katia Regina da Silva, controladora do Poder Legislativo de Apiacás. A secretária-geral é Lislaine Laurindo, auditora de Campo Verde. O diretor de ética é Eloir Luiz Padilha, de Bom Jesus do Araguaia e o Diretor-Geral é o auditor Jonathan da Silva Telles, de Ipiranga do Norte.

Além de Cristiano, também foram nomeados diretores regionais os controladores Robson Máximo da Costa, de Cáceres, e que dirigirá a regional Oeste, o controlador interno de Primavera do Leste, Leonardo Luiz Artuzi, que está responsável pelo regional Leste, e Elias André de Lima, diretor regional do Araguaia, que é de Gaúcha do Norte.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.