Imagem: Felipe DylonFelipe Dylon começou o ano com grande novidade. O ídolo de uma geração inteira de jovens no início dos anos 2000 está de volta e com música nova: “Suave Tentação”. Aos 30 anos, o cantor falou ao Gshow sobre a retomada da carreira artística, revelou que sempre arruma um tempo para surfar e deu detalhes sobre sua fase atual.

Com pegada dançante, o single “Suave Tentação” segue também a linha romântica do artista e, claro, foi inspirado no amor.

“Minha inspiração maior é o tema da música: o amor. Queria muito fazer uma canção que fosse bem romântica e que tivesse uma levada bem dançante”, comentou Felipe.
“Eu me considero uma pessoa romântica! E é bom fazer músicas românticas para a galera, pois, desta maneira, estamos sempre falando de amor. E isso é bom porque vejo as pessoas alegres e felizes no meu show.”

Leia também:  Resumo de novelas desta terça-feira (12)

Já são 16 anos desde um dos maiores sucessos de Dylon, “Musa do Verão”. E o cantor está empolgado com o seu retorno aos palcos. Segundo ele, o momento é favorável:

“Eu e minha banda estamos em um momento muito legal, com ótimo entrosamento. Tive a grande chance de produzir essa música com o Marcelo Sussekind, com quem trabalhei no meu terceiro CD, ‘Em Outra Direção’. E essa parceria foi muito boa, pois fizemos a canção de uma forma bem pop. Realmente foi um grande prazer ter tido a oportunidade de trabalhar novamente com ele”.

E, como não poderia deixar de ser, Felipe Dylon se lembra com carinho do início dos anos 2000. Questionado sobre as recordações mais marcantes dessa época, ele respondeu sem hesitar:

“Os shows, as turnês, o fato de termos tocado em vários lugares diferentes. Foram muitas cidades do Brasil e até mesmo no exterior. A felicidade foi muito grande… A cada show, a cada apresentação, uma energia diferente”.

Leia também:  Filme que imagina o mundo sem os Beatles ganha trailer

Relação com o surfe

Felipe Dylon ama o mar, e o surfe é a sua paixão: “Sempre que o mar sobe, tento arrumar um tempo para surfar. Amo estar no mar, surfo desde molequinho. O meu pai é shaper (profissional que confecciona pranchas de surfe) e acabou de me dar uma ‘Fish 6.0’ (modelo de prancha)”.

Será que pensou em ser surfista profissional?

“Não, porque desde cedo os compromissos como cantor sempre foram a minha prioridade. Aos 16 anos, fechei o meu primeiro contrato com a gravadora EMI, e eram muitos shows e turnês”, lembrou.

Sobre o momento atual:

“Creio estar numa fase mais estabilizada emocionalmente e isso atrai coisas boas. Vivo um bom momento na minha vida pessoal e profissional”.
Namorando a youtuber Alana Marquez desde abril do ano passado, ele desconversou quando o assunto foi para o lado mais pessoal, mas garantiu estar feliz.

Leia também:  Resumo de novelas desta quarta-feira (10)

“Meu coração vai bem, obrigado. Realmente, estou muito feliz…”

Planos para o futuro:
“Ter tempo para me cuidar, sempre desejando o melhor para o planeta e levando muita alegria para o público maravilhoso dos meus shows. A tour 2019 está maravilhosa. Portanto, vou me dedicar de corpo e alma a essa nova fase, a esse novo trabalho. Se Deus quiser, tudo vai dar certo. Estamos muito empolgados”.

“Vou me dedicar bastante, continuar estudando canto, compondo novas músicas e prestando atenção às pessoas tão queridas que nos mandam mensagens e interagem de uma forma tão carinhosa. Vou sempre me esforçar pra mandar cada vez melhor”, ressaltou Dylon.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.