Jovem de 18 anos foi preso na noite desta quarta feira (6) -Divulgação/Polícia Militar
Jovem de 18 anos foi preso na noite desta quarta feira (6) -Divulgação/Polícia Militar

Um jovem foi preso na noite desta quarta-feira (6), em Itatiba, no interior de São Paulo, suspeito de torturar e matar a própria filha, de dois meses de vida.

Segundo a Polícia Militar, o bebê apresentava marcas de beliscões e mordidas por todo o corpo e pancadas. Foram constatadas também múltiplas fraturas após o raio-X.

Ainda de acordo com a PM, o pai confessou que agredia a filha de várias formas, além de jogá-la com frequência no chão. A motivação, segundo ele, seriam os choros da recém-nascida e as brigas com a mãe do bebê, uma adolescente de 17 anos.

Dada voz de prisão ao rapaz por tortura seguida de morte, ele foi recolhido e encaminhado ao Centro de Triagem do Campo Limpo Paulista. A mãe do bebê foi liberada e ficará com os pais.

Leia também:  Mesmo com versão digital, documentação impressa de CNH continua sendo obrigatória

Em contato a reportagem do R7, a mãe do suspeito afirmou que, anteriormente, tentou ir ao Conselho Tutelar para ficar com sua neta e cuidar dela, mas não recebeu respostas. Ela também comentou, no entanto, que não sabia dos maus-tratos do filho com o bebê. “É um momento de muita dor”, disse ela, que, consternada, não se viu em condições de falar mais sobre o caso.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.