Imagem: tipos de argumentos
Foto: reprodução

Saudações leitores! Tudo bem? Em nosso texto anterior, mencionamos acerca da diferença de emitir uma opinião e construir um posicionamento crítico. Naquela ocasião, explicamos que uma análise crítica é construída através de argumentos. Neste texto, trabalharemos, então, alguns tipos de argumento que podem ser utilizados em diversas situações de comunicação. Vamos começar coma fundamentação baseada na autoridade.

O Argumento de Autoridade é aquele em que o argumentador traz uma ideia ou o pensamento de um especialista em determinado assunto. Ele traz esse pensamento através de uma citação que pode ser direta ou indireta. Este tipo de argumento mostra que o argumentador leu bastante sobre o assunto.  Todavia, é importante que seja algo que tenha a ver com o assunto, isto é, a citação pela citação não possui valor argumentativo e ainda pode ser um entrave na comunicação.

O Argumento de competência linguística é aquele em que o argumentador utiliza um vocabulário técnico para fundamentar seu ponto de vista. Neste tipo de argumento, pode ser passado, inclusive, o contexto de algumas expressões, para que o ouvinte entenda bem o motivo da argumentação.

Uma qualidade fantástica do argumento por competência linguística é a imagem que é construída pelo argumentador, a qual passa a impressão de conhecimento sobre o assunto. Por outro lado ele pode passar para leigos a impressão de esnobe. Nesse caso é bom que se mantenha o equilíbrio entre a contextualização e o uso de vocabulário.

O Argumento de testemunho é aquele baseado no relato de terceiros. Apesar de não ser um argumento objetivo ainda é bem reconhecido pela sociedade. Jornais e tribunais aplicam o argumento por testemunho como um importante instrumento na resolução de casos legais. O testemunho traz o ponto de vista de quem passou por um ocorrido, o que amplia a sua força argumentativa.

Por último, temos o Argumento de consenso. Ele é constituído por ideias, universalmente, aceitas. Normalmente, neste tipo de argumento não há discussão. Aliás, o significado da palavra consenso está ligado à concordância e ao bom senso, já que se busca um meio termo entre os vários posicionamentos que possa criar uma espécie de acordo. Chegar ao consenso deveria ser o objetivo de qualquer discussão, porém, infelizmente, não é isso que vemos.

Cabe a cada ser humano usar com sabedoria os tipos de argumento para aprender com os pontos divergentes. O espírito para quem entra em um confronto argumentativo deve ser de aprendizado e não de competição. Só assim conseguimos construir uma sociedade que possa, realmente, dialogar.

Quer saber mais sobre os tipos de argumento? Acesse: https://www.youtube.com/c/CaminhosdaLinguagem

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.