O deputado Wilson Santos (PSDB) desistiu de ser o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Incentivos Fiscais. Isso ocorreu depois do ato de protesto dos demais deputados para que ele não assumisse a presidência, já que o tucano teria sido o protagonista de uma manipulação para que o seu colega Guilherme Maluf fosse o escolhido como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

Com isso, os parlamentares retiraram as assinaturas do requerimento, que aprovaria a abertura da CPI e a indicação do tucano como presidente. Agora quem assumirá o cargo é o novato Thiago Silva (MDB).

Leia também:  População reclama de motoristas folgados

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.