Para reforçar os conhecimentos e a preparação dos monitores que atuam em sala de aula, fomentando o processo de inclusão que a Secretaria Municipal de Educação (Semed) vem implementando na prática pedagógica diária, uma equipe de 158 estagiárias da Educação Especial da Pasta participou, na semana passada, de curso de formação sobre as maneiras de lidar com crianças com deficiência de forma a dar-lhes o estímulo adequado para seu melhor desenvolvimento. Além de debater a atuação da estagiária na perspectiva da educação inclusiva, o encontro também abordou o Estatuto da Pessoa com Deficiência.

“Esse serviço de apoio com as estagiárias é uma medida adotada pela Semed quando identifica a necessidade de acompanhamento individual do estudante, visando sua acessibilidade, inclusão e cuidados pessoais com higiene, alimentação e locomoção”, esclarece a gerente da Divisão de Educação Especial e Diversidade da Semed, Neuzeli Fuza.

Ao todo, 175 alunos da Educação Especial de 46 unidades da Rede Pública de Ensino de Rondonópolis serão beneficiados com o conhecimento adquirido pelas estagiárias durante a capacitação.

Reproduzindo o conteúdo aprendido no seminário em sala de aula para estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, essa equipe de apoio contribui para que as prerrogativas das crianças com deficiência sejam resguardadas, como ressalta Neuzeli: “Entendemos que esse trabalho, quando comprovada a necessidade, é indispensável a fim de assegurar que os alunos com deficiência tenham igualdade de oportunidades em relação aos demais e que todos os seus direitos sejam garantidos”.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.