Homens em uma motocicleta lançaram uma granada de mão no consulado russo em Atenas na manhã desta sexta-feira (22), causando pequenos danos, informou a polícia. Ninguém ficou ferido.

Não houve reivindicação imediata de responsabilidade pelo ataque contra o consulado em Chalandri, um subúrbio de Atenas. A polícia isolou a área.

O dispositivo explodiu debaixo de uma cabine de segurança no complexo do consulado, mas foi considerado um explosivo de baixa densidade.

“O dano material foi pequeno e não houve feridos”, disse um porta-voz da polícia à Reuters.

O Ministério de Relações Exteriores da Grécia disse que “condena sem reservas” o ataque.

“Nossos tradicionais e seculares laços de amizade e cooperação com a Rússia não serão afetados por tais atos ilegais e totalmente condenáveis”, disse o comunicado.

Ataques em pequena escala contra empresas, policiais, políticos e embaixadas são frequentes na Grécia, que tem uma longa história de violência política.

Uma motocicleta queimada encontrada logo após o incidente no distrito de Exarchia, no centro de Atenas, estava sendo examinada como possível veículo de fuga dos agressores.

Em 2016, um segurança ficou ferido em um incidente semelhante na embaixada francesa no centro de Atenas.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.