Em busca de reduzir ainda mais os gastos do governo do Estado de Mato Grosso, dessa vez o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) é órgão que terá cortes nos gastos.

O Diário Oficial do Estado trouxe uma série de medidas para a redução de gastos no Indea e entre elas estão suspensas as viagens que impliquem em pagamento de diárias e concessão de adiantamentos e passagens, salvo as essenciais.

A portaria 30/2019 cita a “grave crise” enfrentada pelo governo de MT e diz que os contratos também deverão ser reavaliados a fim de obter maior redução de custo possível.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.