- Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO
João Marcos Nunes da Silva, 27 anos, e Wictor Hugo Pereira dos Santos, 28 anos- Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO

João Marcos Nunes da Silva, 27 anos, e Wictor Hugo Pereira dos Santos, 28 anos, foram presos nesta quinta-feira (07) pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (DERF) acusados de um latrocínio tentado ocorrido ontem (06) no bairro Cidade de Deus. Um dos suspeitos teria disparado três vezes contra a vítima, mas não conseguiu atingi-lo.

Logo após a denúncia, os investigadores começaram as diligências e conseguiram identificar, através das câmeras de segurança, a motocicleta e chegar até onde ela estava escondida, um barraco no bairro Jardim Ipiranga.

Um dos suspeitos estava na casa que fica próximo ao barraco.

- Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO
Motocicleta usada no crime- Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO

Primeiramente, Wictor Hugo afirmou que era dono da motocicleta, mas disse que havia emprestado a moto para João Marcos, que também foi preso e levado a delegacia.

As vítimas, de imediato, reconheceram a dupla e afirmaram que Wictor estaria pilotando a moto e João Marcos foi quem desceu, anunciou o assalto, agrediu a vítima com uma coronhada e ainda efetuou os disparos.

Após o reconhecimento os dois confessaram que teriam feito o assalto, mas João Marcos se defendeu dizendo que teria efetuado os disparos para cima e não na direção da vítima.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.