Jovem confessou ter matado a avó - Reprodução / Record TV Minas
Jovem confessou ter matado a avó – Reprodução / Record TV Minas

A Justiça de Minas Gerais determinou, nesta quarta-feira (27), que a adolescente de 17 anos, suspeita de matar a avó em Belo Horizonte, passe por exames psiquiátricos.

De acordo com o TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais), cinco testemunhas do caso foram ouvidas nesta quarta, na Vara Infracional da Infância e Juventude de Belo Horizonte.

Ainda de acordo com o Tribunal, relatos mostram a avó e a neta tinham boa relação. Desde o dia 6 de março a jovem está no Centro Socioeducativo Feminino São Jerônimo, no bairro Horto, na região leste de Belo Horizonte.

Crime

O corpo de Elizabeth Martins Augusto Amorim, de 57 anos, foi encontrado no quarto dela, em avançado estado de decomposição, no dia quatro de fevereiro. A mulher vivia com a neta em um condomínio de classe média alta, na região da Pampulha, em Belo Horizonte.

Uma das filhas da vítima, que não via a mãe há dois meses, foi quem acionou a polícia. A casa estava revirada, com vários objetos fora do lugar.

De acordo com a Polícia Militar, a adolescente contou que se desentendeu com a avó quando chegava de uma festa durante uma madrugada de janeiro. A jovem não soube dizer a data exata do crime.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.