Elias Barbosa de Arruda de 33 anos, vulgo “Maxixe”, e a mulher dele, Istefania Aparecida Mota, 27, foram presos pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERFF), nesta quarta-feira (13), no bairro Ana Carla II, em Rondonópolis (MT).

Elias Barbosa e Istefania aparecida presos por policiais da DERF - Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO
Elias Barbosa e Istefania Aparecida presos pela DERF – Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO

Elias é apontado pela Polícia como o responsável pelo recebimento de mensalidades referentes a pagamentos realizados por integrantes de uma organização criminosa, bem como, pagamentos feitos por comerciantes para não terem “problemas” no dia-a-dia.

Conforme o delegado da Derf, Santiago Sanches, “a contabilidade do tráfico funciona como uma grande empresa. Com certa quantidade de integrantes, todos com número de matricula”.

Santiago Sanches delegado da DERF de Rondonópolis - Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO
Santiago Sanches delegado da DERF de Rondonópolis – Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO

Os investigadores ainda apreenderam um caderno com diversas anotações relacionadas ao pagamento da venda de drogas e demais contabilidade, inclusive entre os pertences da companheira do suspeito. Cerca de R$ 4 mil reais, duas motocicletas e um veículo também foram apreendidos e encaminhados a delegacia.

Leia também:  Municípios têm até o dia 21 para lançarem dados relativos ao perfil saúde do Programa Bolsa Família
Dinheiro,celulares e cadernos de anotações apreendidos pela DERF- Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO
Dinheiro,celulares e cadernos de anotações apreendidos pela DERF – Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO

Durante checagem aos antecedentes criminais de “Maxixe”, os policiais descobriram que ele já responde pelos crimes de tráfico e porte ilegal de arma de fogo. Elias também possuía um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela Comarca de Primavera do Leste, justamente por integrar uma organização criminosa. Já Istefania tem passagens pelo crime de tráfico de drogas.

As informações constam no Boletim de Ocorrência de Nº 2019.78243

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.