Valdecy Leopoldino da Silva de 45 anos, conhecido como “Tainha”, morreu após ser alvejado por disparos de arma de fogo na noite desta sexta-feira (08), dentro de uma loja de Moto Peças localizada no bairro Jardim Guanabara, em Rondonópolis (MT). Mais três pessoas foram baleadas e encaminhadas para o Hospital Regional.

Corpo da vítima sendo retirado do local - Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO
Corpo da vítima sendo retirado do local – Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO

Segundo informações registradas no Boletim de Ocorrência (BO), testemunhas disseram a Polícia Militar, que dois suspeitos chegaram armados em uma motocicleta Titan de cor vermelha, e efetuaram os disparos contra as vítimas.

Valdecy não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. As demais vítimas foram identificadas como Claudio Pereira dos Santos, 50, Maicon Douglas Costa e Silva, 21, ambos baleados na perna esquerda.  A terceira pessoa alvejada, Regges Souza Gomes, 29, foi atingida por um tiro no ombro, que transfixou para nuca.

Polícia Civil e Politec fazendo os primeiros levantamentos do caso - Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO
Polícia Civil e Politec fazendo os primeiros levantamentos do caso – Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO

Equipes da Polícia Militar, Policia Civil e Politec estiveram no local realizando os procedimentos necessários para o esclarecimento do homicídio e das tentativas de homicídio. Conforme um dos peritos que acompanhou a ocorrência, trata-se de uma execução.

Peritos trabalhando a procura de vestígios - Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO
Peritos trabalhando a procura de vestígios – Foto: Messias Filho / AGORA MATO GROSSO

Todas as informações constam no Boletim de Ocorrência Nº 2019.73031

Histórico

Em 2015, Valdecy Leopoldino foi condenado a 11 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado. Ele era dono de uma empresa de motos localizada na região central de Rondonópolis fechada durante uma operação da Polícia Civil em 2014. De acordo com a investigação, o local era usado para o desmanche de motocicletas roubadas ou furtadas. Veja:

 

 

 

 

 

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.