Uma mãe, que não teve a identidade revelada, foi detida pela Polícia Militar (PM) e encaminhada para a delegacia, na tarde deste domingo (03), em Campo Grande, após ela jogar água fervendo no filho. Minutos antes, ela alega que foi agredida pelo adolescente de 15 anos e pretendia registrar boletim de ocorrência, por violência doméstica.

“A polícia foi acionada e nos trouxe a mãe. Ela alega que o menino é problemático, usuário de drogas e ela já estava a caminho da Deam [Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher]. Ela será ouvida ainda. Segundo consta no hospital, o adolescente teve queimaduras de 2° grau no rosto e algumas partes do corpo”, afirmou ao G1 o delegado Leandro Lacerda, plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro.

O adolescente possui antecedentes criminais. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o paciente esta na área vermelha, consciente e orientado. Ele foi diagnosticado com queimaduras de 10% a 19% do corpo, de 1° e 2° grau, no lado esquerdo da face, ombro esquerdo, região lombar, abdominal, pelve e glúteos.

Conforme a polícia, a mãe deve ser indiciada por lesão corporal grave, em razão da possível deformidade na vítima. A pena para o crime varia de 1 a 5 anos de reclusão.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.