Bombeiros seguem com trabalho de buscas por vítimas e sobreviventes em Brumadinho. -Foto: AP Photo/Leo Correa -Foto: AP Photo/Leo Correa
Bombeiros seguem com trabalho de buscas por vítimas e sobreviventes em Brumadinho. -Foto: AP Photo/Leo Correa -Foto: AP Photo/Leo Correa

A Defesa Civil de Minas Gerais afirmou nesta segunda-feira (11) que o número de mortes identificadas no desastre da Vale em Brumadinho, na Região Metropolitana, subiu para 200. De acordo com o órgão, 108 pessoas seguem desaparecidas.

No dia 25 de janeiro, a Barragem do Feijão, da Vale, se rompeu matando dezenas de pessoas e contaminando o Rio Paraopeba, um dos afluentes do São Francisco.

Buscas
De acordo com a corporação, os bombeiros usam 76 máquinas e 136 militares e quatro equipes com militar e cão farejador, em 20 frentes de buscas. Não há prazo para que as operações sejam encerradas.

Números da tragédia
200 mortos identificados (veja a lista)
108 desaparecidos (veja a lista)
395 localizados

Leia também:  Ministro da Segurança Pública autoriza a atuação da Força Nacional no Pará

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.