Ao participar das eleições para escolha dos representantes do Diretório Estadual do MDB na manhã deste sábado (06), o governador Mauro Mendes (DEM) evitou avaliar a gestão emedebista na Capital. No entanto, não deixou de criticar o prefeito, Emanuel Pinheiro (MDB), que em sua avaliação não entregou quase nada do que prometeu para os 300 anos.

“Não quero dar mais um empurrãozinho para ficar ruim. Desejo que ele trabalhe muito, que melhore sua gestão e entregue aquilo que prometeu. Estamos chegando aos 300 anos e quase nada do que prometeu efetivamente aconteceu. A política não é feita só de conversa. A boa política é aquela que entrega resultado. Por isso que saí da prefeitura com 80% de aprovação”, considerou Mendes.

Ao minimizar a análise do cenário político e eleitoral para 2020 por considerar ainda muito cedo, o governador preferiu não considerar a possibilidade de disputa entre o suplente de senador, Fábio Garcia (DEM), amigo pessoal e foi secretário durante sua gestão na Prefeitura, contra o atual prefeito Emanuel Pinheiro. Prudente, esquivou-se da pergunta, uma vez que o MDB possui quatro deputados estaduais, dois federais e 17 prefeitos, além ter exercido papel importante em sua eleição para governador.

“Procuro, como governador, não manter foco num só município. Certamente, como cuiabano, posso ter minha observações. Inclusive poderia detalhar, por ter sido prefeito. Mas prefiro, por uma questão de ética, não fazer essa análise. Até porque vejo o prefeito com muitas dificuldades”, pontuou Mendes.

Entretanto, tanto Emanuel quanto Fábio estão em rota de colisão, visto que ambos vêm se posicionando como pretensos candidatos à Prefeitura da Capital em 2020. No entanto, Pinheiro enfrenta resistências dentro do seu próprio grupo político, visto que o vice-prefeito de Cuiabá, Niuam Ribeiro (PSD), tem considerado a possibilidade de entrar na disputa. Na esfera partidária não é diferente. O deputado federal Valtenir Pereira (MDB) também sonha com a vaga. Imagem: Encontro MDB   Eleição Diretório

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.