Flamengo, Internacional e Athletico entram em campo nesta quarta-feira (24) em situação confortável na Libertadores. As três equipes lideram seus grupos e, com exceção do Colorado, que já está classificado, uma vitória garantirá vaga para as oitavas de final.

FLAMENGO

Com a vaga na próxima fase garantida, o objetivo do time de Odair Hellmann é de obter a melhor classificação possível entre os 16 das oitavas de final. Em caso de vitória, o Inter garante o primeiro lugar do Grupo A, que também tem River Plate e Palestino. O Alianza Lima ocupa a lanterna da chave, com apenas um ponto conquistado.

Pelo Grupo D, o Flamengo, que está em primeiro por causa do saldo de gols, garantirá a vaga na próxima fase se empatar com o LDU, no Estádio Casa Blanca, em Quito, às 21h30 (de Brasília). O clube está há dois anos sem ser derrotado em jogos fora de casa pela Liberta.

Mesmo sem contar com o técnico Abel Braga, suspenso, o time embalou nas últimas partidas. Antes de se sagrar campeão estadual, no último domingo, vencendo o Vasco nos dois jogos, já havia mostrado desenvoltura na goleada por 6 a 1 sobre o San Jose. Berrio e Piris da Motta, em condicionamento físico, não viajaram com o grupo.

O auxiliar Leomir irá escalar a chamada força máxima da equipe. Mas, como o Flamengo está com sobra de jogadores de alto nível, Diego deverá iniciar no banco de reservas, como opção para o segundo tempo. Ao LDU, que tem quatro pontos e mais duas partidas a serem realizadas, só a vitória interessa.

Para Willian Arão, que tem sido fundamental, na visão da comissão técnica, a qualidade técnica do Fla nem sempre irá prevalecer. Ainda mais em partidas como esta:

“Na Libertadores às vezes a gente não vai conseguir dar show, jogar como nós queremos, tem que sair vencedor. Se tiver que jogar atrás e contra-atacar, vamos fazer isso. Não é o que queremos, mas vamos jogar de acordo com que o jogo se apresentar. Vai ser um jogo difícil, duro, mas eles têm que nos atacar, vão ter que se expor também.”

INTERNACIONAL

O Inter-RS vive situação ainda mais tranquila. Garantiu a vaga para as oitavas na última partida na competição, contra o Palestino, no Beira-Rio. Enfrenta o Alianza de Lima, às 21h30 (de Brasília) na casa do adversário. O meia argentino Martín Sarrafiore deverá ter a chance de começar como titular.

O time peruano, por sua vez, ainda sonha com uma remota classificação, mesmo tendo um ponto no grupo A. Depende, é claro, de outros resultados além da própria vitória.

O jogo tem tudo para ser uma grande festa, já que o atacante peruano Guerrero, do Inter-RS, começou na base do Alianza e só saiu de lá aos 16 anos, quando se profissionalizou na Alemanha. Na chegada do Inter a Lima, uma multidão foi recepcionar Guerrero. No estádio, são esperadas uma festa e homenagens da torcida ao jogador.

O técnico Odair Hellmann afirmou que, mesmo classificado, o Inter utilizará o jogo como mais uma etapa rumo ao objetivo final, que é o título.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.