A negociação de soja em Mato Grosso alcançou 66,80% para a safra 18/19, o que
configurou um avanço de 5,51 ponto percentual em relação ao total negociado no mês anterior. As informações são do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Conforme informações dos economistas, esse aumento pode ser justificado pela valorização do câmbio no decorrer do mês, apesar das baixas cotações atingidas pela soja na bolsa de Chicago e pela redução dos prêmios nos portos.

Além disso, outros fatores que também fundamentaram a comercialização foram semelhantes ao mês passado, como problemas com armazenagem e necessidade de fazer caixa para pagamento de despesas. Já para a safra 19/20, 8,20% da produção já foram vendidas, o que representa uma elevação mensal de 5,75 p.p., que também pode ser explicada pelas altas cotações atingidas pela moeda americana.

Leia também:  Vítima tenta pedir socorro durante assalto e suspeitos disparam três vezes

O preço médio mensal para a safra 18/19 foi de R$ 64,15/sc, 0,53% maior que no mês anterior, e para a safra 19//20 foi de R$ 65,91/sc, 1,04% menor em relação ao mês passado.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMacarronada com almôndegas de calabresa

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.