Aprovados de Rondonópolis no último concurso do Sistema Penitenciário de Mato Grosso estão se mobilizando para participar de uma Audiência Pública que será realizada amanhã (16) em Cuiabá para discutir o fechamento das cadeias públicas proposto pelo Executivo. Aprovados da capital e de outros municípios também irão participar do debate.

Na tarde desta quarta-feira (15), uma comissão dos aprovados participou da Sessão da Câmara pedindo o apoio dos vereadores para lutar contra o fechamento e em busca de uma nomeação.

Ceasser Martins, representante do grupo, falou na Tribuna sobre a necessidade de nomeação “Somos 110 aprovados em Rondonópolis, que vencemos as etapas do concurso com muita dificuldade e agora vemos o Governador querendo fechar unidades por falta de servidores. Estamos prontos para trabalhar, há déficit e não somos nomeados” afirmou.

Outro aprovado que também aguarda a nomeação é William Biudes. Ele afirmou que esse fechamento das unidades e transferência de presos para longe da família pode se tornar uma bomba relógio para o Estado. “ Amanhã participaremos de uma audiência sobre esse problema. Enquanto o Estado põe a sociedade em risco por falta de servidores, nós aprovados e com concurso já homologado esperamos a boa vontade do Governo” pontuou.

A audiência foi proposta pelo deputado estadual João Batista (Pros) para debater o fechamento das cadeias públicas e do Centro de Detenção Provisória.

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), a ação adotada pelo governador é justificada pela situação econômico-financeira do estado. “A nomeação de servidores encontra-se vedada pelos decretos números 07 e 08, de 17 de janeiro de 2019, que tratam de medidas visando o equilíbrio das contas públicas, diante da situação de calamidade financeira”

Vale salientar que a situação de calamidade não foi reconhecida pelo Governo Federal.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.