01 de agosto de 2021
Mais
    Capa Cidades Blitz educativa alerta sobre abusos e exploração de crianças e adolescentes
    CUIABÁ

    Blitz educativa alerta sobre abusos e exploração de crianças e adolescentes

    Mais de 600 panfletos informativos e conversou com os motoristas, pedestres e passageiros de ônibus.

    Imagem: Blitz educativa   abuso de crianças e adolescentes
    Foto: Vicenti Aquino.

    Os moradores do Pedra 90 receberam orientações sobre as formas de combate e canais de comunicação existentes contra crimes como o abuso e a exploração infanto-juvenil. A ação foi alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), realizada neste domingo (19) pela equipe técnica do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da região.

    “O objetivo da nossa ação é promover a divulgação sobre a ocorrência de casos de violência contra nossas crianças e adolescentes. Pode até parecer algo distante da nossa realidade, mas pelo contrário, está bem mais próximo do que podemos imaginar. É algo que merece uma atenção especial de todos nós, não só do Poder Público, mas como de toda a sociedade”, destacou a coordenadora Cibele Rodrigues do Nascimento.

    Durante a atividade, a equipe do Cras distribuiu mais de 600 panfletos informativos e conversou com os motoristas, pedestres e passageiros de ônibus sobre a importância dessa união de esforços para redução dos altos índices de casos dessa natureza registrados na capital. A ação teve início na Avenida principal do bairro Pedra 90, sendo percorridos os comércios e seguindo até a Praça do Caíque. “A recepção da comunidade local foi fantástica. As expectativas foram superadas. Por onde a equipe passou, fomos aplaudidos pela iniciativa de formar essa grande rede de mobilização social”, disse Cibele.

    Por ser um bairro de grande abrangência populacional, o Pedra 90 foi o local escolhido para realização de uma blitz educativa. “Com essa atividade fora da unidade, buscamos atingir um grande número de pessoas, afinal, todos precisam estar informados. Por ser domingo, fim de semana, foi possível fazer abordagens com qualidade e com isso alcançamos uma participação maciça de pessoas quanto a importância do combate aos abusos contra nossas crianças e adolescentes”, ressaltou.

    Sob esse enfoque, as unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centros de Referência de Assistência Especializada (Creas) do Município prepararam uma série de atividades voltadas ao tema com palestras, rodas de conversa, blitz educativas, apresentação de filmes, oficinas, entre outros.

    PROGRAMAÇÃO – As atividades de conscientização popular continuam durante a semana. Na manhã desta segunda-feira (20), as unidades de referência dos bairros Jardim Araçá e Jardim União realizaram blitz educativas e campanhas de divulgação.

    Na quarta-feira (22), em período integral, será a vez dos usuários do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da região central de Cuiabá, bairro Dom Aquino, com a apresentação de uma curta metragem com o tema “Faça Bonito”. Já para os assistidos pelo Cras Tijucal, a partir das 08 horas, além da palestra, um passeio no SESC Balneário foi preparado.

    Já nas unidades dos bairros Nova Esperança e Osmar Cabral, serão realizadas Rodas de Conversa, às 09 e 14 horas, respectivamente.

    Para quinta-feira (23), a equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social preparou uma grande mobilização, a partir das 08 horas, na Praça Alencastro.

    Na sexta (24), em dois horários distintos, as 08 e as 14 horas respectivamente, blitz preventivas serão realizadas em frente à sede do Cras, no bairro CPA.

    No dia 28, ocorrerá a Oficina “O brincar como enfrentamento a violência” Faça Bonito, a partir das 14 horas, na unidade do Creas, do bairro Centro em Cuiabá.

    MOBILIZAÇÃO – Tendo como slogan “Faça Bonito- Proteja nossas crianças e adolescentes”, a campanha que acontece em nível nacional tem como símbolo uma flor, que simboliza a fragilidade da primeira infância. O desenho também tem como objetivo proporcionar maior proximidade e identificação junto à sociedade. “O slogan Faça Bonito – Proteja nossas crianças e adolescente quer chamar a sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes no Brasil”, disse a secretária-adjunta de Assistência Social, Hellen Ferreira.