16 de fevereiro de 2021
Mais
    Capa Cidades Rondonópolis Conferência Municipal de Saúde debate proposta e melhorias para o setor
    MELHORIAS NO SUS

    Conferência Municipal de Saúde debate proposta e melhorias para o setor

    Imagem: 10ªconferência municipal de saúde
    Foto: assessoria

    A abertura da 10ª Conferência Municipal de Saúde foi realizada na noite desta quarta-feira (29) na União Rondonopolitana de Associação de Moradores de Bairros (Uramb) e contou com expressiva participação de profissionais de saúde, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), gestores, conselheiros municipais e representantes de entidades.

    A conferência é realizada pela Prefeitura de Rondonópolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e pelo Conselho Municipal de Saúde e tem como tema “Democracia e Saúde: Saúde Como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS”.

    A programação do evento segue nesta quinta-feira (30), durante todo o dia na Uramb, ocasião que também serão eleitos os delegados e delegadas que vão participar da etapa estadual que acontecerá em Cuiabá de 03 a 05 de Julho de 2019.

    “Esta é a oportunidade da comunidade opinar, fazer propostas e reivindicação, a conferência ela começa nas pré-conferências que são realizadas em diversas regiões da cidade, inclusive na zona rural. Nós vamos discutir todas essas propostas e outras poderão surgir. É muito importante porque destas propostas que saem os direcionamentos para as políticas publicas na área de Saúde,” ressaltou a secretária municipal de Saúde Izalba Albuquerque.

    Durante a abertura do evento, o prefeito Zé Carlos do Pátio destacou as importantes ações realizadas no setor de saúde e chamou a sociedade para debater propostas que vão melhorar as políticas públicas.

    “Estamos chegando à nossa 10ª conferência com um resultado muito positivo estamos zerando as filas de exames e cirurgias, a cardiologia virou um serviço público de cirurgia de peito aberto. Foram vários investimentos, no Samu compramos viaturas novas, a hemodiálise com equipamentos novos. Estamos avançando muito, mas acho que está faltando para abrirmos o debate o envolvimento da sociedade na saúde, ela tem que participar principalmente nos bairros estar junto discutindo e acompanhando de perto sua unidade de saúde,” ponderou o gestor.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS