O Procon-SP decidiu multar o Corinthians em R$ 97 mil pela cobrança de taxa administrativa de 5,5% nos ingressos vendidos pela internet, e por não disponibilizar a opção de meia-entrada em seu site. A informação foi divulgada no site da instituição federal nesta terça (28).

Segundo o Procon, o Corinthians alega que a taxa era cobrada por “se tratar de custos para cobrir compra pela internet”. Porém a entidade informa que “quem retira o ingresso em guichês específicos é o consumidor, ou seja, não é o clube quem faz a entrega”. Portanto, a prática se torna irregular.

De acordo com as leis estaduais e federais, o Corinthians também deveria oferecer a opção de meia-entrada em ingressos vendidos pela internet, opção que o clube não disponibiliza em seu site. Segundo o Procon, “essa modalidade de ingresso deve ser oferecida em todos os pontos de venda, seja ele físico ou um ponto de venda virtual.”
A assessoria de imprensa do Timão disse que o clube ainda não tinha sido notificado sobre a multa do Procon.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.