Imagem: pronto atendimento
Foto: reprodução

A direção do Pronto Socorro e Hospital de Várzea Grande – MT confirmou que a unidade está sofrendo com a superlotação e a falta de estrutura. Um ofício encaminhado para a central de regulamentação de pacientes da rede estadual de Saúde avisa que a unidade está sem vagas para receber novos internados nas UTI’S Adulto, neonatal e pediátrica.

Mas os problemas estruturais vão muito além, falta respiradores e até mesmo macas para transportarem pacientes de uma ala para a outra. Isso ocorre porque com a superlotação as macas estão sendo usadas como leitos.

Apesar de ser municipal o Pronto Socorro e Hospital de Várzea Grande tem convênios intermunicipais e atendem pacientes de várias cidades do estado de Mato Grosso.

Com o ofício encaminhado, a central de regulação a unidade, momentaneamente, fica sem receber novos pacientes.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.