A Catho, empresa brasileira de classificados de empregos, realizou um levantamento sobre análise de currículos com 400 recrutadores e chegou à conclusão que 57% dos recrutadores do país levam até 29 segundos para avaliar os documentos recebidos. Os profissionais destacaram que estão entre os quesitos fundamentais a experiência profissional, os objetivos e dados de contato, que são sempre observados e considerados primordiais no processo seletivo.

Observando o comportamento dos recrutadores em relação à análise do currículo, os índices de importância dos tópicos foram:  experiência profissional (80%), formações e/ou cursos complementares (60%), cargo e/ou área pretendida (60%), objetivo profissional (50%) e conhecimento em outros idiomas (24%). Um bom currículo precisa ainda conter informações sobre aptidões técnicas, que são utilizadas para avaliar o candidato sobre suas habilidades e competências profissionais. Os tópicos devem estar listados de forma objetiva e organizada.

Leia Mais: O modelo de currículo ideal para quem tem pouca experiência

Leia Mais: O que escrever em qualificações e atividades complementares no currículo?

A Catho revelou ainda a média de tempo necessária para que os recrutadores descartem um currículo, já que este não atende às expectativas exigidas para o preenchimento das vagas: de 6 a 10 segundos. A pesquisa também observou que, em uma primeira avaliação, o profissional que recebe cerca de 100 currículos analisa, em média, 15 com maior critério e cautela.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.