10 de fevereiro de 2021
Mais
    Capa Cidades Rondonópolis Representantes do varejo pedem leis rígidas e mais fiscalização para feiras de...
    na Assembleia Legislativa

    Representantes do varejo pedem leis rígidas e mais fiscalização para feiras de outros estados

    O problema das feiras é os vendedores que vem de outros estados

    Imagem: CDL
    Foto: assessoria

    O presidente da Federação das Câmara de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso (FCDL/MT), Ozair Bezerra, juntamente com o presidente da CDL Cuiabá, Nelson Soares Junior, e da CDL de Rondonópolis Thiago Sperança e demais representantes de diversas CDL’s de Mato Grosso estiveram na Assembleia Legislativa na tarde desta quarta-feira (29.05) para discutir a situação das feiras itinerantes que acontecem dentro do Estado.

    O problema das feiras é os vendedores que vem de outros estados, vendem muitas vezes mercadorias falsificadas de marcas famosas ou de procedência duvidosa e acabam levando o dinheiro que seria destinado ao varejo das cidades, criando problemas de evasão de divisas em épocas de crise até mesmo contribuem para o desemprego. Neste ano, os municípios estão recebendo a chamada “Feria do Brás”, numa alusão ao bairro de varejo de São Paulo.

    O presidente da FCDL, Ozair Bezerra, lembra que este tipo de comércio atinge diretamente o varejo porque a legislação deste tipo de feira não é igual ao das lojas que possuem alta carga tributária e geram impostos, emprego e renda. “A legislação para o empresário não é a mesma que se cobra dos responsáveis por essas feiras. É uma concorrência desleal”, argumentou Ozair Bezerra.

    A solicitação dos lojistas é que as leis sejam mais rígidas para esse tipo de comércio, tendo em vista que fazem a venda sem possibilidade de troca e com pouca ou nenhuma fiscalização, porque ficam poucos dias e acabam levando o dinheiro da cidade.
    Para Thiago Sperança, é muito importante ver o setor de varejo reunido em torno dos problemas que afligem o setor. “Sabemos que as leis já existem, sabemos que essas mercadorias são de outros estados e dos problemas ocasionados por este tipo de prática, o que precisamos é mais fiscalização para estas feiras porque sabemos pela cultura que sempre que há fiscalização são encontradas irregularidades”.

    O deputado Xuxu Dal’Molin, após ouvir os argumentos e sugestões dos representantes do comércio, se posicionou favoravelmente a sugestão de projeto de Lei apresentado. “Nós iremos tomar providências em relação a esse assunto e a sugestão de projeto é muito bem-vinda. Vou fazer o possível para defender quem gera emprego e renda para esse Estado”, garantiu ele.

    PRESENÇA – Também compareceram na reunião, demostrando a força do movimento lojistas em Mato Grosso diversos outros deputados, entre eles, Dilmar Dal’Bosco, Valmir Moretto, Sebastião Rezende, Carlos Avalone, Ulysses Moraes e Wilson Santos.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS