Dois homens foram presos neste final de semana pela Polícia Civil em Sapezal, interior de Mato Grosso. Eles são suspeitos de montarem um esquema para desviar dinheiro de uma empresa do agronegócio.

O golpe teria começado em 2011 e o montante desviado, segundo o delegado Valmom Pereira, pode ultrapassar a cifra de R$ 7 milhões.

“Um dos presos é gerente da empresa, ele e o comparsa montaram uma empresa de fachada que recebia valores como se prestasse algum tipo de serviço para a empresa do agronegócio, mas eles nunca aconteceram”, destacou o delegado.

Um dos presos é Marcelo Rodrigues Machado e segundo a Polícia ele ostentava uma vida luxuosa com os valores desviados. A polícia investiga a possibilidade de outras pessoas terem participado do esquema.

“Os presos são os mentores, quem organizaram tudo, nas acreditamos que teriam recebido ajuda de outras pessoas”, enfatizou o delegado reforçando que os celulares dos suspeitos serão periciados.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.