No dia Mundial do Meio Ambiente, 05 de junho, o presidente da República, Jair Bolsonaro, esteve na cidade de Aragarças (GO), para o lançamento oficial do projeto “Juntos pelo Araguaia”. A solenidade aconteceu na manhã desta quarta-feira, e contou com a presença do Governador de Goiás, Ronaldo Caiado, Governador de Mato Grosso, Mauro Mendes e o Governador de Tocantins, Mauro Carlesse, além de diversos representantes do Senado Federal e Câmara dos Deputados.

Imagem: presidente Jair Bolsonaro com autoridades presentes em Aragarças GO
Lançamento do projeto “Juntos pelo Araguaia ” – Foto Varlei Cordova/AGORA MATO GROSSO

O programa foi desenvolvido pelo Instituto Espinhaço de Minas Gerias, em cooperação técnica com a Secretaria de Meio Ambiente do Governo de Goiás. Porém será desenvolvido em parceria com o Estado de Mato Grosso e Governo Federal.

Imagem: presidente Jair Bolsonaro com os Governadores de MT e Goias em Aragarças GO
Presidente Jair Bolsonaro como os governadores de Mato Grosso e Goiás – Foto Varlei Cordova/AGORA MATO GROSSO

Na oportunidade Bolsonaro falou sobre a preocupação de revitalização das áreas já degradadas e sobre a conscientização para a preservação do Rio Araguaia. “O projeto prevê a recuperação de 10 mil hectares em 28 municípios, sendo cinco hectares em Mato Grosso e cinco hectares do estado de Goiás, esperamos alcançar essa meta nos primeiros meses de projeto que deve começar a ser implantado ainda este ano”, destacou o presidente.

Imagem: presidente Jair Bolsonaro em Aragarças GO
Presidente Jair Bolsonaro – Foto Varlei Cordova/AGORA MATO GROSSO

De acordo com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales, o governo federal já destinou  mais de R$ 300 milhões para a execução do projeto. Esse valor está reservado para a fase inicial da proposta, que pretende realizar a recuperação de voçorocas, construção de barragens de contenção, curva de nível, fazer plantio de mudas e cercamento das áreas mais deterioradas.

Hoje a região do Vale do Araguaia é considerada a nova fronteira agrícola de Mato Grosso. Cortado pela BR-158 tem vivenciado uma conversão em larga escala de áreas de pastagens degradadas para lavouras de soja e milho.

Imagem: População chegando para o evento com a presença do presidente
Público presente – Foto Varlei Cordova/AGORA MATO GROSSO

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.