Imagem: João Arcanjo Ribeiro
João Arcanjo Ribeiro – Foto/Reprodução

João Arcanjo Ribeiro prestou depoimento na tarde desta quinta-feira (6), na sede da Gerencia de Combate ao Crime Organizado (GCCO) em Cuiabá e negou envolvimento com o jogo do bicho.

Arcanjo foi preso em uma operação da Polícia Civil há uma semana, suspeito de voltar a comandar o esquema assim que saiu da cadeia, onde cumpriu 17 anos em regime fechado. A investigação teria mostrado que dois grupos disputavam o comando do Jogo do Bicho no estado de Mato Grosso, inclusive com uso de violência.

Mas no depoimento, acompanhado do advogado, Arcanjo negou qualquer participação nos crimes. Disse ainda que muitos dos fatos narrados por vítimas ou testemunhas são do período que ele estava preso.

Arcanjo está na Penitenciária Central do Estado. Por outro lado o delegado Flávio Stringuetta ressaltou em conversa com a imprensa que existem fortes elementos da participação de Arcanjo no jogo do bicho após a saída dele da cadeia, até mesmo o reconhecimento de um dos “capangas” contratado para “assustar” pessoas que queriam entrar no esquema no interior do estado.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.