Imagem: Anderson Carmo foi assassinado no domingo
Anderson Carmo foi assassinado no domingo – Reprodução

Um dos filhos da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) e de Anderson Carmo foi preso, na tarde desta segunda-feira (17), durante o velório do pastor. Segundo informações da Record TV Rio, agentes a paisana cumpriram mandado contra ele por violência doméstica. Ele também deve ser ouvido sobre a morte do pai adotivo.

Carmo foi assassinado na garagem da casa onde morava, em Niterói, região metropolitana, na madrugada de domingo (16). A Polícia Civil revelou que os suspeitos de assassinarem Carmo estavam sem capuz no momento do crime.

As imagens do circuito interno da casa da deputada foram recolhidas pela Polícia Civil. O resultado do exame toxicológico do cachorro da família sai nesta terça-feira (18) e poderá apontar se o cão foi dopado para evitar acordar a família com latidos.

A DHNSG (Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo), responsável pelo caso, não descartou nenhuma possibilidade. Entretanto, a hipótese principal é a de execução.

Flordelis pediu para que não especulassem se algum dos seus 55 filhos – quatro biológicos e 51 adotivos – fosse o responsável pela morte de Anderson.

Segundo a deputada, ela e seu marido foram perseguidos por duas motos enquanto voltavam de um evento. Anderson foi morto quando voltou à garagem para buscar um objeto em seu carro.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.