Imagem: paralisação motoristas
Foto: assessoria

Trabalhadores que precisam do transporte público coletivo enfrentam muitas dificuldades para chegarem ao trabalho hoje em Cuiabá e Várzea Grande.

Isso porque os motoristas de ônibus fazem uma paralisação cobrando melhores condições de trabalho e reajuste salarial,  assim apenas 30% da frota saiu das garagens nesta segunda-feira. O protesto é também contra os constantes atrasos no pagamento dos salários.

Os primeiros veículos deveriam ter saído para os pontos iniciais de rota as 4h. Os motoristas estão concentrados nas garagens, a expectativa é que a partir das 9h eles voltem ao trabalho, mas de forma gradativa.

Representantes das empresas já tentam negociar com os manifestantes o retorno ao trabalho. O reflexo da falta de ônibus é que o trânsito está complicado neste início da manhã em vários pontos da capital de Mato Grosso. De acordo com a Semob (Secretaria de Mobilidade Urbana) o fluxo é lento nas avenidas das Torres, do Moinho e Miguel Sutil.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.