Rondonópolis foi destaque como o município mais bem avaliado da região Centro-Oeste em saneamento básico, de acordo com o Ranking da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) divulgado na semana passada.

Com 91% de tratamento de esgoto e 99% do lixo com destinação correta, Rondonópolis também está na liderança da cidade mais bem avaliada no Estado, incluindo os de pequeno e médio porte.

O ranking avalia o percentual de pessoas atendidas pelos serviços de abastecimento de água, coleta de esgoto e de resíduos sólidos, além de aferir o quanto de esgoto recebe tratamento e se os resíduos recebem destinação adequada.

Dos 141 municípios mato-grossense, 19 foram avaliados, incluindo grandes, médias e pequenas cidades.

“Eu fiquei muito feliz que Rondonópolis é a melhor cidade de Mato Grosso em saneamento básico. A gente tem que acreditar no serviço público e o exemplo está em Rondonópolis. Enquanto outras cidade venderam seus patrimônios, Rondonópolis não vendeu e o nosso serviço é o melhor de Mato Grosso e o melhor da região centro-oeste, ” disse o Prefeito José Carlos do Pátio.

A capital do Mato Grosso aparece distante das primeiras colocadas. Com 200 pontos abaixo de Rondonópolis, ela obteve 287,67.

Das cidades analisadas em Mato Grosso, Barra do Bugres, Jauru e Alto Araguaia não possuem nenhum tratamento do esgoto coletado. Elas também não possuem nenhuma destinação correta do lixo, assim como Pedra Preta, Cláudia, Nova Xavantina, Novo São Joaquim, Juara, Alta Floresta, Ribeirãozinho, Peixoto de Azevedo, Diamantino, São José dos Quatro Marcos, Água Boa, Aripuanã, Porto Esperidião e Mirassol D’Oeste.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.