Imagem: Processo envolvendo Aviões do Forró é reaberto
Processo envolvendo Aviões do Forró é reaberto – Reprodução

A Receita e a Polícia Federal ainda investiga a empresa Aviões do Forró Gravações e Edições Musicais Ltda. Segundo uma fonte do Jornal O Povo que trabalha na Justiça Federal, a desordem de dados e a ocultação de patrimônio dificulta a conclusão de possíveis irregularidades.

Segundo a reportagem assinada por Demitri Túlio e Walber Freitas na publicação, a dívida apurada dos Aviões do Forró ultrapassa R$ 17 milhões, tanto por sonegação quanto por encargos trabalhistas, levantados através da operação For All, deflagrada em 2016. A banda deveria pagar R$ 14.863.551,90 sonegados, mais R$ 3.167.193,12 de débitos processuais trabalhistas.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.