09 de fevereiro de 2021
Mais
    Capa Entretenimento Saúde e Bem-estar Coçar os olhos em excesso pode causar danos à visão
    SAÚDE

    Coçar os olhos em excesso pode causar danos à visão

    Hábito, especialmente em crianças e adolescentes, está associado ao ceratocone, distúrbio que deforma a córnea e pode levar à transplante

    O simples hábito de coçar os olhos com frequência pode ser prejudicial para a visão, porque agrava um distúrbio chamado de ceratocone, responsável pela deformação da córnea.

    A córnea deformada pelo ceratocone gera astigmatismo, cujo sintoma é a visão turva, fazendo com que o indivíduo tenha dificuldades para enxergar com nitidez até mesmo com óculos, em alguns casos.

    O ceratocone é uma doença em que a córnea (uma espécie de vidro de relógio na frente do globo ocular, mas de consistência gelatinosa) é mais maleável do que o normal.

    “Muitas pessoas têm ceratocone e não sabem”, explica o médico oftalmologista Wallace Chamon, professor da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia.

    O Brasil não tem dados oficiais sobre a incidência de ceratocone na população.

    Estudos já identificaram que há componentes genéticos responsáveis por essa deficiência na textura da córnea. A incidência é maior, por exemplo, em portadores de Síndrome de Down.

    No entanto, o hábito de coçar os olhos em quem não sabe que tem ceratocone, especialmente crianças e adolescentes, pode agravar a doença, explica o médico.

    “Como não tem como saber, melhor não coçar. Em uma pessoa normal, teria que ser uma força muito grande e constante, mas não é o caso de quem tem ceratocone”, acrescenta.

    Chamon ressalta que “99% dos pacientes diagnosticados com ceratocone coçam os olhos, mas nem todo mundo que coça os olhos tem ceratocone”.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS