Rondonópolis terá um novo período de vacinação contra a H1N1 e os estagiários da área da saúde e os profissionais da segurança serão os dois primeiros grupos contemplados com a imunização. O senador Wellington Fagundes (PR) confirmou na manhã desta terça-feira (9) que Rondonópolis receberá 30 mil doses da vacina. O pedido foi feito pelo vereador Adonias Fernandes (MDB) no mês passado após a suspeita de várias mortes causada pela doença no município.

Conforme informações da Secretária Municipal de Saúde, Izalba Albuquerque, com essas 30 mil doses dois grupos que não estavam previstos anteriormente serão contemplados. “Nós vamos contemplar os estagiários da saúde que estão fazendo estágio obrigatório dentro das unidades de saúde e vamos contemplar também os profissionais da segurança, Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Federal. Vamos abrir para a população dos grupos prioritários que não se vacinaram lembrando que essas vacinas são para as pessoas que residem no município de Rondonópolis, ” esclarece a secretária.

As vacinas devem chegar em até 15 dias, e ainda conforme a Secretária, após a vacinação dos grupos prioritários, a imunização será aberta para toda a população.

“Vou estabelecer junto com a minha equipe técnica para que as pessoas que não tomaram a vacina procurem as unidades, após isso, havendo sobra de vacinas nós vamos abrir para toda a população, ” explica Izalba.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.