A busca por recursos deixou o senador Wellington Fagundes (PR) e o deputado federal Carlos Bezerra (MDB) entre os parlamentares federais de Mato Grosso que mais tiveram emendas executadas em 2019. Essas emendas individuais são usadas pelos senadores e deputados para financiar obras de pequeno e médio porte.

Segundo informações, Fagundes teve o pagamento de R$ 4,1 milhões em emendas e ficou em 8º no ranking. Já Bezerra ficou em 11º, com R$ 3,7 milhões liberados pelo governo Federal. Esses valores foram executados entre janeiro e maio deste ano.

Na comparação entre os partidos, que mais teve emendas pagas foi o PT, com R$ 69 milhões, seguido pelo PP, com R$ 51 milhões e o MDB, com R$ 47 milhões.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.