Quatro criminosos suspeitos de roubo em uma propriedade agrícola, na região de Furnas, no município de Poconé (104 km ao Sul), foram presos pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, na terça-feira (09). Todos os quatro tem indícios de integrar associação criminosa.

Após investigações, Luiz Felipe Cardoso Santos, Isaias de Arruda Moraes, Wanderson de Moura Bonfim da Silva, e Adão Willian Oliveira Amador, foram presos em flagrante. Luis Felipe foi autuado por receptação, por ter escondido a arma roubada da chácara; Izaias estava com produtos roubados da vítima, e outros dois por integrar associação criminosa.

O roubo ocorreu no dia 2 de julho, em uma chácara, de onde várias ferramentas, objetos pessoais, bebidas, alimentos, pistola 940 e um veículo Duster Renaut foram levados, após render o proprietário e o amarrá-lo. O veículo foi recuperado no mesmo dia,  abandonado com as chaves na ignição, na região do Distrito Industrial, em Cuiabá.

Levados à Delegacia, Adão Willian Oliveira Amador confessou sua participação no crime e alegou que o planejamento foi de seu parceiro de crimes, que está viajando. Ele também contou que vendeu a arma roubada para Wanderson de Moura Bonfim da Silva, que por sua vez disse aos policiais que a arma estava com Luiz Felipe Cardoso. Outros materiais subtraídos foram encontrados na casa de Izaias de Arruda Moraes.

O delegado Eduardo Rizzoto informou que os quatro formam uma associação criminosa, uma vez que possuem toda uma logística para esconder os objetos subtraídos.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.