Imagem: Aluno escrevendo
Aluno escrevendo – Foto/Reprodução

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) apontou que das 767 escolas da rede estadual, 441 (57,50%) estão em funcionamento integral ou parcial.

Na última segunda-feira (01), 11 escolas retornaram às atividades integralmente ou parcialmente. A adesão de escolas em greve registrada na segunda-feira é de 42,50%, ou seja, 326 escolas continuam com as atividades paralisadas.

Já as escolas que não aderiram ao movimento somam 364 (47,46%), enquanto que outras 77 (10,04%) estão funcionando de forma parcial.

Na última quinta-feira (27.06), o Governo do Estado se reuniu em audiência de conciliação com o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), no Núcleo de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça, e propôs suspender o corte de ponto dos profissionais da Educação com a condição de que as aulas fossem retomadas nesta terça-feira (02.07).

A proposta foi de que o Governo irá repor até o dia 20 de julho, 50% dos pontos que foram descontados e até o dia 10 de agosto, o restante. Mas desde que os profissionais da educação cumpram o ano letivo ainda em 2019.

Porém, em assembleia realizada na segunda-feira, o Sintep não aceitou a proposta.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.