Edevaldo e Graça assumem ser policiais. Eles avisam que Sophia foi acusada por Edison de ser a chefe do tráfico. Taylor troca tiros com André e faz Inês refém. Ela consegue se livrar. Taylor foge em direção às escadas. Pedro o orienta a fugir pelo estacionamento. Taylor rouba o carro de Sophia. André atira e consegue acertar um dos pneus. Pedro avisa aos outros policias que o suspeito está fugindo por outro local. André chega e o chama para perseguir o bandido. Taylor percebe que o carro está com problemas e se joga no mar. André ordena buscas por toda a região.

Edevaldo sugere que Antonio ligue para Bruno. O advogado sugere que Sophia se entregue. Os estudantes impedem que Sophia seja levada para a delegacia. Carlos conversa com Mariinha e conta que Lara teve uma filha fora do casamento. Bruno chega e conta que Sophia está sendo presa. Vários carros e um helicóptero procuram por Taylor. Ele tenta se esconder nas pedras e mergulha no mar para não ser visto. André deixa o local e segue para a delegacia. Pedro pede para que o comandante interrompa as buscas.

Muitos jornalistas tentam falar com Sophia na porta da delegacia. Graça e Edevaldo conversam e dizem que Sophia é inocente. Taylor tenta escalar o penhasco para voltar à avenida. Antonio vê Edison chegando na delegacia e o questiona. Na cela, Sophia não se contém e acerta um tapa na cara de Edison. André pede calma e pergunta ao rapaz se existe algum sócio além de Sophia.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.