Imagem: Grupo de comeriantes  fazendo protesto
Grupo de vendedores fazendo protesto – Foto/Pedro Couto- AGORA MATO GROSSO

Vendedores ambulantes protestam na Câmara de Cuiabá contra proibição de venda de alimentos no centro histórico

Cerca de cinquenta vendedores ambulantes protestaram na galeria da Câmara de Vereadores de Cuiabá durante a sessão ordinária desta terça-feira, dia nove de julho.

O grupo pede a intervenção dos vereadores diante do impasse quanto a venda de gêneros alimentícios no centro histórico de Cuiabá. A secretaria municipal do Trabalho notificou os vendedores quanto a proibição, que seria um pedido do Iphan.

Nestes trinta dias a prefeitura faria uma readequação dos pontos, o que desagradou a categoria.  Anderson Duarte vende açaí no mesmo ponto do centro histórico há 14 anos e está preocupado com a situação.

“Eu já tenho meus clientes fixos, que vão no ponto onde eu trabalho. Se tiver que mudar de lugar terei que começar tudo do zero”, reclama o ambulante que diz estar em dia com todas as determinações da prefeitura municipal de Cuiabá, até então.

A Câmara de Vereadores de Cuiabá ficou de montar uma comissão para acompanhar o impasse. A notificação expressão que a partir do mês de agosto está proibida a venda de gêneros alimentícios no centro histórico, entre eles açaí, café, lanche, frutas.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.