Imagem: operação gato na agua
Coordenador foi preso em flagrante – Foto: Divulgação/ Você Repórter

Após uma ação iniciada pelo Ministério Público em Alto Taquari, o coordenador de Saneamento Básico do município, Edvaldo Francisco Roza, conhecido como ‘Edi da Água’ foi preso em flagrante por ligações clandestinas realizadas em residências ainda com a conta pendente. Até na casa do coordenador havia o conhecido ‘gato’ desde o ano de 2016.

De acordo com o promotor João Mota, além de ter realizado a ligação na própria casa, ele autorizada a religação em outros locais sem o pagamento das contas.

Ainda segundo o promotor, o ‘gato’ na casa dele poderá configurar furto ou peculato e nas demais improbidade administrativa e prevaricação, que pode acarretar inclusive na perda do cargo.

Edvaldo é concursado no município no cargo de Agente de Serviço Público e comissionado no cargo de coordenador do Saneamento Básico. A remuneração do funcionário é de R$5.915,48.

As investigações continuam para a identificação de mais envolvidos no crime, inclusive com penalização para os beneficiados.

De acordo com a Prefeitura Municipal, Edvaldo já foi exonerado do cargo em comissão que ocupava.

PROBLEMAS NO MUNICÍPIO

Na sexta-feira passada (02), o prefeito afastou e abriu sindicância contra a Pregoeira Oficial Cassilda Ferreira dos Santos. Também foi aberta sindicância contra o servidor Robson Junior para apurar irregularidades.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.