Imagem: caoo
Luna – Foto: arquivo pessoal

Luna é uma vira-lata de apenas 11 meses. A pequena estava abandonada nas ruas de Ponta Grossa (PR) quando foi adotada pela estudante Anna Carolina Lima. Mas o que ela não imaginava é que a cachorra seria a principal diversão da casa. O episódio mais recente foi o roubo da dentadura da avó.

“A vó foi dormir e colocou a dentadura embaixo do travesseiro, como sempre faz. Eu havia saído para almoçar. Quando acordou, ficou bem desesperada que não achava a dentadura. Ela e a minha mãe procuraram por tudo quanto é canto”

“Minha mãe disse que ficaram horas buscando e nada. Conhecendo a Luna como eu conheço, assim que cheguei já tinha certeza que ela havia pego”

Imagem: cachorra
Luna – Foto: arquivo pessoal

“Chamei pelo nome e encontrei a Luna sentada na poltrona, com a dentadura na boca, mordendo. Fez uma cara de sonsa como se nada tivesse acontecido, abanando o rabo, pulando e brincando”

“Não queria devolver! Com muito custo distraí e peguei. Felizmente não estragou”

“Ela é bem sorrateira, pega as coisas e sai de fininho com as orelhas para trás. Outro dia fui tomar banho e fiz a besteira de deixar a porta aberta. A dona bonita estava com o fio dental todo enrolado na cara. Ficou com um bafinho refrescante de menta”

“A Luna é muito carinhosa, mas sempre apronta. Sempre! Eu nunca vi igual, mata a gente de rir”, contou, aos risos.

Imagem: cao2
Luna – Foto: arquivo pessoal

A “meliante” chegou na família com apenas três meses e hoje é a alegria da casa

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.