Imagem: motel
Confusão foi registrada num motel em Cuiabá – Foto: reprodução

Um policial militar de 30 anos, morador de Aripuanã (MT), decidiu buscar aventuras sexuais em Cuiabá com uma mulher que ele teria conhecido pela internet e uma amiga dela, mas se meteu em confusão e acabou detido na Central de Flagrantes acusado de ameaça.

Depois de uma festinha a três num motel da Capital, ele foi acusado de usar um revólver calibre 38 para ameaçar uma das jovens, de 23 anos, e exigir de volta o dinheiro que ele pagou antecipadamente pelo programa, num total de R$ 600.

O motivo? Ele não teria ficado satisfeito com a prestação dos serviços por parte das jovens. Existem, inclusive, áudios que ele enviou para uma delas reclamando que não ficou satisfeito e por isso exigiu a grana de volta.

“Vocês foram lá e ficaram pouco tempo. A propaganda que a outra amiga sua fez não foi a mesma. Eu só não gostei e tudo bem. Mas meu dinheiro não é capim pra pagar um trem que não combinei. Não coloquei arma na cara de ninguém, só peguei a arma na minha mão. Então, exigi o meu dinheiro de volta por uma coisa que nao foi combinada. Então, foi-se acabou”, diz ele no áudio enviado para a mulher.

Boletim registrado na madrugada desta quarta-feira (21) aponta que o fato ocorreu na noite anterior, por volta das 22h30. Diz o documento policial que a denúncia recebida apontava que a situação envolvia consumo de drogas ilícitas e bebidas. Eita que bafãoo heim!

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.