Em atuação deste 2017, a Patrulha Rural executada por policiais do 5º Batalhão da Polícia Militar (5º BPM) e 14ª Companhia Independente de Força Tática (14ª CIPM), tem apresentado resultados positivos desde que viaturas começaram a circular por regiões de sitos e chácaras.

Imagem: Patrulha rural entrada
Patrulha Rural na região da Rodovia do Peixe, em Rondonópolis (MT) – Foto: Juares Soares

Uma das rotas é a MT-471, conhecida como Rodovia do Peixe, em Rondonópolis. Dona Celina mora bem ao lado da rodovia estadual, segundo ela vai e volta aparece alguém em atitude suspeita próximo ao sitio, sem perder tempo ela aciona a Polícia Militar.

“Uma vez, eu e meu marido estávamos sentamos na frente de casa, bem no final do dia, quando observamos um homem andando pela rodovia em atitude suspeita. Ele passou várias vezes na frente do nosso sítio. Imediatamente acionei uma viatura da PM, e alguns minutos depois, eles passaram na rodovia. Melhorou muito a segurança aqui”, disse Celina Chagas – sitiante.

Comerciante na região há mais de 30 anos, seu Remi Motter já passou por situação de medo. Segundo ele foi assaltado e mantido como refém.  Hoje ele destaca o trabalho realizado pelos profissionais de farda.

Imagem: Patrulha rural entrada propiedade
Comerciante destaca trabalho da Polícia Militar na região- Foto: Juares Soares

“Hoje posso dizer que consigo dormir tranquilo. Sempre tem viatura passando aqui na rodovia. Além disso, existe a checagem de pessoas que circulam aqui na nossa região. Desta forma, é possível prender alguém que esteja foragido da justiça, por exemplo”, destacou o comerciante.

Ainda de acordo com informações, o maior interesse dos criminosos está no roubo e furto de defensivos agrícolas e o crime de abigeato, que consiste no furto qualificado de gado.

De acordo com o 1º Tenente da Polícia Militar, Marcos Oliveira, durante o patrulhamento rural as propriedades são mapeadas para atuação de forma repressiva e preventiva.

“Essa ação é desenvolvida pelo 4º Comando Regional por meio 5º Batalhão e da Força Tática. Em muitas regiões, o aparelho celular não funciona, por isso, frequentemente visitamos pessoalmente os proprietários de chácaras e sítios, com objetivo de criar uma interação maior entre Polícia e cidadão”, destacou Marcos Oliveira.

Ainda segundo informações, além de Rondonópolis, a Patrulha Rural atende mais de 15 municípios e dois distritos que pertencem ao 4º CR. Os dados são enviados para a Agência Regional de Inteligência da Polícia Militar.

 

 

 

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.